Ação Social Escolar (ASE)

Atribuição de Manuais Escolares

1.º e 2.º Ciclos do Ensino Básico

Informam-se os encarregados de educação dos alunos que em 2018/2019 vão frequentar o 1.º e 2.º ciclos do ensino básico que:

- Nos termos do art.º 170.º da Lei do Orçamento de Estado o regime de gratuitidade dos manuais escolares mantém-se para o 1.º ciclo e é alargada ao 2.º ciclo do ensino básico. Assim, os encarregados de educação de alunos do 1.º e 2.º ciclo não necessitam de adquirir os manuais escolares;

- De acordo com nota informativa da DGEstE sobre Reutilização e Distribuição de Manuais Escolares aos 1.º e 2.º Ciclos do Ensino Básico 2018/2019, a aquisição e distribuição de manuais escolares no âmbito da gratuitidade (a título de empréstimo), serão geridos através de plataforma eletrónica criada para o efeito;

- Nessa plataforma, que segundo a mesma nota informativa estará em funcionamento a partir de agosto, os encarregados de educação poderão descarregar um voucher para levantamento dos manuais escolares nas livrarias aderentes.

Matosinhos, 03 de julho de 2018

A Diretora

M.ª Elisabete Ferreira

GRATUITIDADE DE MANUAIS ESCOLARES PARA TODOS OS ALUNOS DO 1.º E DO 2.ºCICLOS DO ENSINO BÁSICO (2018 / 2019 )

( 1.º, 2.º, 3.º e 4.º anos do 1º CICLO e 5.º e 6.º anos do 2º CICLO)

PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS

Decreto-Lei n.º 33/2018

de 15 de maio

Artigo 64.º

Gratuitidade de manuais escolares

1 - No início do ano letivo de 2018/2019 é garantido a todos os alunos do 1.º e do 2.º ciclos do ensino básico da rede pública o acesso gratuito a manuais escolares.

2 - Os manuais escolares são disponibilizados aos alunos pelos agrupamentos de escolas ou escolas não agrupadas, mediante comprovativo de receção e compromisso de devolução assinado pelos respetivos encarregados de educação.

3 - Para efeitos do disposto no número anterior, os encarregados de educação responsabilizam -se pelo eventual extravio ou deterioração do manual recebido, ressalvado o desgaste proveniente do seu uso normal, prudente e adequado, face ao tipo de uso e disciplina para que foram concebidos, estado em que foi recebido pelo aluno, idade do aluno e outras circunstâncias subjetivas e objetivas que tornem inexigível esta mesma responsabilidade.

4 - Cada aluno tem direito a um único exemplar dos manuais adotados, por disciplina e por ano letivo, sempre que possível a partir da reutilização de manuais escolares recolhidos no ano anterior na mesma escola ou em qualquer outra escola ou agrupamento que o tenha adotado.

5 - Os manuais escolares gratuitos destinam -se a ser utilizados de forma plena pelos alunos, sem prejuízo da implementação de estratégias que tenham em conta o princípio da reutilização por outros alunos no ano seguinte.

6 - Em cada agrupamento de escolas ou escola não agrupada é constituída uma bolsa de manuais escolares, composta pelos manuais utilizados pelos alunos no ano letivo anterior que se encontrem em estado de conservação adequado à sua reutilização, bem como por aqueles que sejam doados ou adquiridos pela escola ou agrupamentos de escolas para suprir necessidades do ano seguinte.

7 - O membro do Governo responsável pela área da educação define os procedimentos e condições de disponibilização gratuita e de aquisição através de vale, uso, devolução e reutilização dos manuais escolares.

8 - O membro do Governo responsável pela área da educação define ainda, nos termos da legislação aplicável, as condições de adoção e certificação de manuais escolares que potenciem a reutilização de manuais em todos os graus de ensino.

A Diretora;

Elisabete Ferreira

Ação Social Escolar (ASE)

Atribuição de Manuais Escolares

3.º Ciclo do Ensino Básico

Solicita-se a todos os Encarregados de Educação que se candidataram a atribuição de subsídio escolar para o ano letivo 2018 - 2019 (alunos dos 7.º, 8.º e 9.º anos) que não adquiram manuais escolares, sem estar afixada indicação dos manuais que irão ser atribuídos aos alunos.

Matosinhos, 03 de julho de 2018

A Diretora

(M.ª Elisabete Ferreira)

INFORMAÇÃO

Manuais Escolares

Alunos do 3.º Ciclo (7.º, 8.º e 9.º anos) 

Informam-se todos os encarregados de educação de que devem aguardar indicação dos respetivos professores no dia de apresentação / início do ano letivo, sobre a necessidade de compra dos manuais escolares das seguintes disciplinas:

  • Educação Moral e Religiosa Católica ou Evangélica;
  • Educação Visual

Matosinhos, 03 de julho de 2018

A Diretora

(M.ª Elisabete Ferreira)

MATRÍCULAS (5º, 6º, 7º e 8º anos) - Alteração da data

Projeto "Histórias que se fazem"

18 de junho de 2018 

A última história do projeto foi contada no espaço exterior da escola, à sombra de uma árvore. Isto porque a história falava de árvores e fazia todo o sentido que estivéssemos à sua beira!

Arvontade - o país das árvores, de Lourdes Custódio, fala-nos de um país onde bastava desejar algo para que uma árvore desse como fruto o desejo dessa pessoa... apenas uma condição: os frutos deveriam ser partilhados para que a árvore continuasse a existir. Frutos como o amor, a paz, as guloseimas, as pizzas, as chupetas, entre muitos outros, faziam as delícias dos habitantes de Arvontade!

Que bom seria se os nossos desejos se tornassem realidade... os meninos da turma 1CBI partilharam entre si os seus desejos e foi muito bonito perceber que não desejavam apenas bens materiais, mas também a paz, os beijos e abraços, a desculpa, a alegria, a comida para que não houvesse fome...

Depois desenharam os seus desejos em forma de árvore e levaram a tarefa de contar em casa, à família, a história para registarem os desejos dos familiares.

E como no início da Primavera se fez na sala as sementeiras de pinheiros, a história deu o mote para uma das atividade que finalizou o ano letivo de 2017/2018: a plantação de pinheiros no recreio da escola!

Festa da Matemática
 
Com mais um ano a terminar, aproxima-se a Festa da Matemática. É um momento de convívio entre alunos, professores e pais, que pretende valorizar o empenho dos alunos nas atividades extra-curriculares dinamizadas pelos docentes de Matemática.

Gostaríamos de ter a presença de todos os que participaram.

CONCURSO DE FLAUTA BISEL

Como já vem sendo habitual todos os anos no nosso Agrupamento, realizou-se no dia 5 de junho o Concurso de Flauta de bisel 2018. Todos os alunos representaram muito bem as suas turmas tendo um excelente desempenho. No final, a Srª Diretora, Drª Elisabete Ferreira entregou os certificados, diplomas e prémios a todos os participantes.Parabéns a todos.

Projeto Histórias que se fazem

28 de maio de 2018

A história do mês de maio foi contada num cenário completamente distinto do habitual.

Fomos ao Parque Ecológico do Monte de S. Brás porque a história escolhida pelas Professoras Cidália e Vera, uma obra do Plano Nacional de Leitura, "A Ovelhinha Preta" de Elizabeth Shaw, merecia algo diferente e os meninos também!

Assim, e porque o Parque pertencente à Autarquia, não possui as ditas ovelhas, as responsáveis articularam com o Estabelecimento Prisional de Santa Cruz do Bispo e dessa forma tivemos a possibilidade de ver e tocar os animais de que nos falava a narrativa.

Depois de contada e explorada a história percebemos que a ovelhinha diferente foi a mais perspicaz e a que salvou todo o rebanho, por isso não podemos deixar que se marginalize ninguém pelas suas diferenças.

De seguida fomos dar uma volta pela quinta. Vimos inúmeros legumes, aromáticas e flores... Percebemos a forma como se deve tratar da horta... Falamos de reciclagem, separação de lixo, compostagem... tudo termos um pouco difíceis mas que sabemos que são muito importantes e por isso vamos começar a estar mais atentos para saber o que fazer para ajudar o planeta!

Por fim, já na escola, nos dias que se seguiram, fizemos trabalhos de sequências e padrões à semelhança do que fez o pastor com as lãs das ovelhinhas pretas e brancas e decoramos ovelhinhas com a ajuda dos pais para depois enfeitar a nossa sala.

  • AVISO
  • Devido à realização das provas de aferição do 5ºano, no dia 8 de junho (6ªfeira), há as seguintes alterações:* para os alunos de 5ºano:
    -entrarão na escola às 9h30m;-terão de se fazer acompanhar do cartão de cidadão, obrigatoriamente;-a prova termina às 11h30m e os alunos irão para casa.
    * para os alunos de 7º e 8º anos:
    - não terão aulas no turno da manhã;                                                                              - terão aulas no turno da tarde, normalmente.
    Durante toda a manhã do dia 8, os alunos não poderão ter acesso a qualquer cacifo do corredor 1 (sala 1 a 14).
  • AVISO
  • Devolução das chaves e das cauções dos cacifos
  • Conforme consta do Regulamento de Utilização dos Cacifos, os alunos devem entregar as chaves dos cacifos ao Diretor de Turma ou ao Professor Titular, para se proceder à devolução das cauções depositadas no início do ano.

    As chaves devem ser devolvidas, o mais tardar, até:

    • 6 de junho 2018 - para o 9º ano
    • 15 de junho de 2018 - para o 5º, 6º, 7º, 8º anos
    • 22 de junho de 2018 - para o 1º, 2º, 3º, 4º anos.

    O valor da caução será posteriormente devolvido para o cartão do próprio aluno e pode transitar para o ano letivo seguinte.

    Apenas os Encarregados de Educação, caso o pretendam, podem levantar esse valor, na Reprografia, mediante a apresentação do cartão do aluno.

    Após o dia 20 de julho de 2018, nenhuma caução será devolvida.

Concurso literário "Uma aventura Literária 2018 (Eq.5.1) 

O trabalho da aluna nº18 do 5ºC (Equipa 5.1), Mariana Carvalho, da Escola Básica de Matosinhos, foi distinguido (entre 14.643 trabalhos) com uma Menção Honrosa no concurso "Uma Aventura... Literária 2018".A aluna irá receber um Diploma de Menção Honrosa e um livro da Editorial Caminho.Que esta distinção seja um incentivo à leitura, à escrita e à criatividade.

Muitos parabéns!

A professora, Ana Paula Cabral 

Resultado do Concurso "Uma aventura Literária 2018" (Equipa 5.1) 

O trabalho da aluna nº 2, do 5ºA (Equipa 5.1), Beatriz Rodrigues Silva, da Escola Básica de Matosinhos, foi distinguido (entre 14 643 trabalhos) com uma Menção Honrosa no concurso "Uma Aventura ... Literária 2018".A aluna irá receber um Diploma de Menção Honrosa e um livro da Editorial Caminho.Que esta distinção seja um incentivo à leitura, à estrita e à criatividade.

Muitos parabéns!

A professora, Ana Paula Cabral 

4ª Gala "Aqui há Talento"

Realizou-se no dia 30 de maio, pelas 18 horas, no Auditório da Escola Básica de Matosinhos, a 4ª edição do "Aqui há talento!" que contou com a participação de alunos do 1º, 2º e 3 ciclos. Este evento, superou as expectativas do grupo organizador (A.L.A), já que os alunos aderiram de forma muito dedicada, empenhando-se imenso nas atividades que exibiram: dança, artes marciais, canto, patinagem e teatro.

Mais uma vez, os diversos talentos que andam ocultos na nossa escola foram revelados

No "Aqui Há Talento!" valeu tudo menos não ter talento! A criatividade e a imaginação foram fatores fundamentais em cada atuação. Com este formato pretendeu-se divulgar a descoberta de talentos, partindo do pressuposto de que todos possuem capacidades fundamentais que se destacam e consequentemente possibilitam o êxito em alguma habilidade quando estimulada/ trabalhada de forma adequada e promovem a inclusão como se pode testemunhar na pequena peça de ballet que foi apresentada. A passagem pelo palco da nossa escola da atuação da Mariana Martins e Inês Abreu irá ficar na memória de todos os convidados: pais/EE, Associação de País, participantes, docentes que não deixaram de nos apoiar e elementos do ALA.

Pretendeu-se desta forma proporcionar um bom entretenimento a todos os participantes e suas famílias realçando a imagem de uma escola dinâmica.

Queremos agradecer a todos aqueles que direta ou indiretamente contribuíram para a concretização desta festividade, salientar a participação do nosso ex-aluno Sérgio Ferreira que tem vindo a fazer questão de participar em todas as galas e louvar a participação do ensino especial, que terá sempre as portas abertas para futuras atuações.

A descoberta da competência por trás de um sorriso foi a função do grupo A.L.A.

Missão cumprida. Até para o ano!

Miguel Costa vence, pelo segundo ano consecutivo, o campeonato do mundo de Cálculo Mental 

O Agrupamento de Escolas de Matosinhos orgulha-se do desempenho do aluno Miguel Costa, do 6º Ano, turma D, que brilhou entre os 43 mil participantes deste Campeonato 

Miguel Costa, 12 anos, aluno do 6º D da Escola Básica de Matosinhos, sagrou-se CAMPEÃO MUNDIAL de cálculo mental pelo segundo ano consecutivo, após vencer, no seu escalão, a final do XII Campeonato Internacional Escolar SuperTmatic, realizada online neste mês de maio.

O Miguel foi o mais rápido dos 42910 alunos (!), de 20 países, a resolver mentalmente as 15 expressões numéricas que constituíram a prova, tendo gasto apenas 48,20 segundos (média de 3,21 segundos por expressão), menos 1 segundo que o segundo classificado, um aluno de Pamplona, Espanha, e menos 4,8 segundos que o terceiro, um estudante de Malta.

Saliente-se que os restantes alunos da nossa escola que participaram nesta final, depois de vencerem as eliminatórias interturmas, obtiveram também resultados meritórios que devem ser destacados. Saudamos especialmente a participação nesta competição de cálculo mental, pela primeira vez, de alunos do 1º ciclo do nosso Agrupamento, situação que nos dá esperança na continuação dos bons resultados no futuro.

Tendo presente a qualidade dos resultados obtidos e o empenhamento de todos, podemos afirmar que a participação do Agrupamento neste concurso matemático atingiu plenamente os objetivos a que se propunha: fomentar o interesse pela prática do cálculo mental; desenvolver destrezas numéricas e de cálculo: reforçar a componente lúdica na aprendizagem da Matemática; detetar e promover talentos na área do cálculo mental.

Parabéns a todos os alunos participantes, na fase de apuramento e na grande final online, parabéns aos vencedores - em particular ao nosso grande campeão Miguel Costa - e aos professores que os motivaram e promoveram a participação do Agrupamento.

ALUNOS DA EQUIPA EDUCATIVA 6.3 

VISITARAM A GALERIA DA BIODIVERSIDADE, O JARDIM BOTÂNICO E A EXPOSIÇÃO PHOTO ARK

No dia 12 de abril de 2018, no âmbito da disciplina de Ciências Naturais (Prof.ª Júlia Caldeira), os alunos da Equipa Educativa 6.3 - turmas 6ºG, 6ºH, 6ºI e 6ºJ - realizaram uma visita de estudo ao Jardim Botânico, à Galeria da Biodiversidade, da Universidade do Porto, e à exposição fotográfica "Photo Ark".

Apesar do tempo chuvoso, a visita ao Jardim Botânico revestiu-se de muito interesse, pois os monitores, sem descurarem o rigor científico, comunicaram com os alunos de forma bastante acessível, responderam a todas as dúvidas e satisfizeram a sua curiosidade natural.

Na visita à Galeria da Biodiversidade, os alunos, também acompanhados por guias especializados, tiveram oportunidade de explorar um espaço onde a arte se cruza com a biologia e a história natural, num percurso concebido para celebrar a diversidade da vida ao longo de 49 módulos expositivos e instalações.

No final da visita, ainda houve tempo para explorar e admirar a exposição fotográfica "Photo Ark", do fotógrafo da National GeographicJoel Sartore, que retrata mais de 40 espécies, algumas em vias de extinção, de forma muito expressiva. Esta exposição, de grande qualidade e beleza, sensibilizou os alunos para a problemática dos animais ameaçados e seus habitats, bem como para a pertinência da proteção destas espécies e da biodiversidade.

ALUNOS DA EQUIPA EDUCATIVA 6.3 PARTICIPARAM NA AÇÃO 

"LAÇO AZUL - DIZ NÃO AOS MAUS-TRATOS NA INFÂNCIA"

Alunos da Equipa Educativa 6.3 (turmas 6ºG, 6ºH, 6ºI e 6ºJ) participaram na inicitiva promovida pela CPCJ de Matosinhos e intitulada "LAÇO AZUL - DIZ NÃO AOS MAUS-TRATOS NA INFÂNCIA". Eles ajudaram a construir, com calças de ganga cosidas umas nas outras, o enorme laço que se encontra no átrio da escola e escreveram frases alusivas ao tema dos direitos das crianças.

Esta atividade, que pretende despertar consciências e assinalar a importância de prevenir os maus-tratos na infância, foi dinamizada pela prof.ª Emília Guedes (EV / ET) e contou com a colaboração das técnicas do Gabinete Social e da D. Adélia Pinto.

Concerto na Escola

No dia 7 de maio pelas 18:30, realizou-se um concerto no auditório da Escola Básica de Matosinhos, com a participação das três turmas da Equipa 6.2: 6ºD, E e F. Após vários ensaios no decorrer das aulas de Educação Musical, a Professora Cristina Aguiar e os Estagiários de Mestrado de Educação Musical levaram ao palco os alunos com várias interpretações, vocais, instrumentais e de movimento. O programa incidiu em peças de vários géneros musicais, das quais salientamos as peças contemporâneas e de criação dos alunos.

Foi um grande momento musical, com a plateia a aplaudir entusiasticamente.

Os nossos alunos estão de Parabéns!

IAVE - TIMSS (Estudos Internacionais) 

Projeto "Histórias que se fazem"

Ver Vídeo 

O conto do mês de abril serviu de mote para prepararmos um dia muito especial: o Dia da Mãe!

A história, "Adivinha quanto eu gosto de ti" de Sam Mc Bratney, encheu-nos de ternura e vontade de medir o amor que sentimos pela nossa mãe...

Ao som da música de André Sardet, "Adivinha quanto gosto de ti", falamos de sentimentos, de unidades de medida, da possibilidade de medirmos o amor... será que o amor se mede?

Pensamos não ser possível medi-lo mas podemos demonstrá-lo por palavras e principalmente por gestos e atitudes no dia-a-dia.

Mas, porque a mãe merece um dia especial e um miminho para recordar, fizemos um postal com uma flor, uma fotografia e um desenho, tudo feito com muito amor e carinho e com a ajuda da Prof. Cidália e da Prof. Vera.

Um grande beijinho para todas as Mães!

Avaliação internacional do desempenho dos alunos do 4.º e do 8.º ano de escolaridade em Matemática e Ciências, desenvolvida pela IEA
Do nosso Agrupamento participam, neste ano, 2 turmas da EB Matosinhos e 1 turma da EB Florbela Espanca, todas do 4ºano.

Exposição dos trabalhos de EV/ET - Equipa 6.3 (6ºG, 6ºH, 6ºI, 6ºJ) 

Encontra-se patente no átrio da escola-sede, uma exposição de trabalhos realizados por alunos da Equipa Educativa 6.3 (turmas 6ºG, 6ºH, 6ºI e 6ºJ), no âmbito das disciplinas de EV e ET (prof.ª Emília Guedes), versando o tema "Património. Conceito e evolução".

Um registo de imagem destes trabalhos pode ser visto em: https://vimeo.com/262400493

Este tipo de iniciativas tem sido uma constante, pelo que periodicamente são expostos novos trabalhos realizados pelos nossos pequenos GRANDES artistas, sobre as novas temáticas abordadas.

Projeto "Histórias que se fazem" 

O mês de março foi repleto de datas festivas para se trabalhar!

No dia 12 o livro "Os Ovos Misteriosos" de Luísa Ducla Soares encantou a nossa turma pela ternura com que a galinha chocou e cuidou dos seus cinco ovos dos quais saíram cinco filhotes muito diferentes: um era crocodilo, o outro serpente, outro papagaio, o outro avestruz e só um era mesmo pinto! Com todas as dificuldades por não conseguir voar ou rastejar e até conseguir comidas diferentes, a galinha a todos amava e ajudava e todos depois se uniram para ajudar o irmão, o verdadeiro filho da galinha.

Esta história foi o mote para a prendinha de Páscoa que fizemos, ao mesmo tempo que celebramos a chegada da Primavera! Um vasinho em forma de galinha com uma flor muito bonita chamada Amor-Perfeito.

Também fizemos desenhos, fichas para ligar algarismos ao número de ovos, para identificar letras e para fazer contagem de sílabas referentes ao nome dos animais presentes na história...

Já no dia 19 "As gravatas do meu Pai" de Pedro Seromenho fizeram-nos compreender que os meninos querem ser crescidos como o pai para serem importantes e respeitados! E usando as suas gravatas pensam conseguir isso mais depressa. Mas as gravatas, como as pessoas, podem ser divertidas, tristes, aventureiras, apaixonadas... e escolher uma gravata não é fácil! Ser crescido e fazer escolhas também não, por isso, o menino da história achou melhor escolher um grande laço e esperar para crescer sem nunca deixar de ser criança!

Depois falamos dos nossos pais, das suas características, do que mais gostamos nele e fizemos um postal com um desenho - O Meu Pai e Eu - para lhe oferecer!

Concurso matemático PANGEA - Unir todos através da Matemática

Decorreu no dia 21 de março, na escola sede, a 1.ª fase do Concurso de Matemática Pangea, que consistiu na realização de uma prova de Matemática abordando os conteúdos da disciplina.

Participaram neste evento cerca de setenta alunos dos 5º e 6º anos, e dois do 3º ciclo, tendo a prova sido realizada através de uma plataforma digital, nas salas de informática.

Com este concurso, que se realiza atualmente em dezassete países europeus e tem como lema "A Matemática une", pretende-se reforçar o entusiasmo pela Matemática em estudantes de diferentes locais, estratos sociais e níveis de ensino, e possibilitar a partilha das suas experiências.

Para a 2.ª fase do concurso, e por estarem entre os 100 melhor classificados na região Norte, foram apurados os alunos:

Matilde Rodrigues e Pedro Lima, do 5º ano

Carlota Menezes, Juliana Oliveira, João Miguel Matos e Tomás Santos, do 6º ano.

A 2ª fase será disputada no dia 28 de abril, no ISEP (Porto).

Os professores de Matemática felicitam todos os alunos participantes.

Orçamento Participativo das Escolas (resultados)

VOTAÇÃO NO DIA 22 DE MARÇO DE 2018

(alunos do 3º. Ciclo)

PROPOSTAS A VOTAÇÃO:

  • RÁDIO NA ESCOLA (GREM) - proposta para divulgação de música e avisos importantes.
  • SKATES NA ESCOLA - proposta para aquisição de skates que possam ser usados nas aulas de Ed. Física.
  • TEATRO NA ESCOLA - proposta para contratação de uma pessoa que dinamize atividades de teatro e afins com os alunos, durante um período letivo.


EXTRATOS DO REGULAMENTO

Artigo 8.º

Divulgação e Sessões de Esclarecimento

1. As sessões de divulgação e de esclarecimento, decorrem de 12 a 21 de março de 2018 no edifício da escola sede.

2. Cada proponente deve definir a forma de apresentação / divulgação da sua proposta, não podendo haver perturbação do normal funcionamento da escola.

3. São expressamente proibidos atos de intimidação ou silenciamento que perturbem os princípios da liberdade de expressão e igualdade de oportunidades.

Artigo 9.º

Votação dos Projetos

1. A votação dos projetos finalistas é feita no dia 22 de março de 2018.

2. Para assegurar o regular funcionamento das mesas de voto, a presidente do Conselho Geral designará uma comissão eleitoral na escola sede, constituída por um professor e cinco alunos.

4. Compete à comissão eleitoral:

a) Realizar a abertura da mesa de voto;

b) Garantir a possibilidade de todos os estudantes do 3.º ciclo do ensino básico votarem, em liberdade, na proposta da sua preferência;

c) Realizar a contagem dos votos, no dia em que decorre o ato eleitoral;

d) Proceder à apresentação pública dos resultados, no máximo, cinco dias úteis após a votação.

5. Caso só se encontre uma proposta a votação, a mesma só é considerada aprovada se obtiver 50% mais um dos votos.

6. Caso haja mais do que uma proposta a votação, é aprovada a proposta que obtiver o maior número de votos validamente expressos.

7. Caso as propostas mais votadas tenham recebido exatamente o mesmo número de votos, realizar-se-á uma segunda volta entre estas, no dia 23 de março de 2018.

  • Para a segunda volta não haverá nova campanha eleitoral;
  • Os procedimentos e comissão eleitorais serão os mesmos da primeira volta;
  • Será eleita a proposta mais votada na segunda volta.

CAMPEONATO DE JOGOS MATEMÁTICOS

Mais de uma centena e meia de alunos participaram nos jogos 

Realizou-se na nossa escola, esta quarta-feira, dia 28 de fevereiro, a eliminatória do 14º Campeonato Nacional de Jogos Matemáticos, na qual participaram 152 alunos do 2º e 3º ciclos.

Após uma competição renhida, foram apurados os seis vencedores que irão representar a Escola Básica de Matosinhos na final nacional, em Torres Vedras, no próximo dia 16 de março.

De registar a motivação e o salutar espírito competitivo evidenciados por todos os jovens jogadores, vividos num ambiente de grande amizade e companheirismo.

A todos os alunos que participaram nesta atividade, os professores de Matemática enviam muitos parabéns, já que é no empenho que reside o segredo do sucesso.
Aos vencedores, que representarão a nossa escola no Campeonato Nacional, em Torres Vedras, votos de BOA SORTE!

PROJETO "HISTÓRIAS QUE SE FAZEM" - Turma 1CBI 

Fevereiro foi o mês da história "As filhotas da Dona Centopeia" de Lourdes Custódio.

Com esta história, os alunos perceberam que temos que respeitar as diferenças: todos temos características diferentes! A cor dos olhos, do cabelo, da pele...a altura, o peso, problemas de visão, a forma como gostamos de nos vestir e muitas outras coisas que nos fazem diferentes...

Como todas as filhotas tinham uma cor diferente, ficamos a conhecer o nome de cores que não conhecíamos, como por exemplo, o anil e o violeta!

Para ficarmos com o registo desta história de uma forma marcante, surgiu a ideia de fazer uma centopeia gigante com círculos de cores diferentes que representam os meses do ano, nos quais, cada criança colocou uma centopeia pintada por si, com a sua fotografia e o dia em que faz anos.

Semana das Línguas 

Pelo 5ºano consecutivo, entre os dias 20 e 23 de fevereiro, o Departamento de Línguas em colaboração com a Biblioteca levou a cabo a atividade intitulada "Semana das Línguas", com um diversificado leque de ações, cujo ponto alto foi o almoço típico na cantina, com uma ementa tradicional correspondente ao país que naquele dia se comemorava. 
Assim, de 3ª a 6ª feira, cada disciplina comemorou de forma muito especial o seu dia: os alunos realizaram com responsabilidade, interesse e dedicação pequenos trabalhos atinentes a aspetos culturais, literários e tradicionais dos países cuja língua aprendem. Há a destacar o mapa de Espanha com as suas múltiplas províncias e o que de melhor cada uma pode oferecer; a tricolor bandeira francesa, não esquecendo as palavras-chave que definem os ideais de uma sociedade mais justa "Liberté", "Fraternité" e "Igalité"; as curiosidades e os provérbios do sábio povo português e, enfim os trabalhos de grupo produzidos no âmbito das quatro disciplinas... 
A generalidade dos trabalhos está exposta na sala de aula e/ou biblioteca e podem ser visitados e apreciados por toda a comunidade escolar.
Outras ações de âmbito cultural e específico de cada disciplina ocorreram em contexto de sala de aula ao longo da semana citada. Em suma, foram quatro dias cheios de surpresas bem agradáveis e os professores do departamento estão de parabéns. A eles um muito obrigado.
O Departamento de Línguas

Teatro Interativo em Inglês

No passado dia 31 de janeiro, os alunos das turmas do 8º ano, acompanhados pelas professoras Ana Paula Moreira e Fátima Pedroso, assistiram a uma peça de teatro interativo em Inglês denominada "Murder and Mayhem at Montague Manor", no Auditório Paroquial de Mafamude. Esta atividade, inserida no Plano Anual de Atividades da Equipa 8, teve por objetivos motivar os alunos para a aprendizagem e promover o contacto com a língua estrangeira fora do contexto da sala de aula.

A fantástica prestação dos dois atores em palco e o enredo divertido e hilariante da peça "prenderam" a atenção de toda a plateia.

Além disso, os momentos interativos da peça tiveram participações surpreendentes de três dos nossos alunos.  

Palestra

"Alimentação saudável na prevenção da Obesidade Infantil e dos seus riscos para a saúde"

A Equipa Educativa 6.3 promoveu no passado dia 21 de fevereiro, no auditório da nossa escola, uma palestra intitulada "Alimentação saudável na prevenção da Obesidade Infantil e dos seus riscos para a saúde",direcionada especialmente para os pais e encarregados de educação, proferida pelas médicas pediatras Drªs. Carla Laranjeira e Cristina Ferreira.

Esta iniciativa, que contou com a presença da diretora do Agrupamento, Dr.ª Elisabete Ferreira, teve como principal objetivo esclarecer os pais e educadores sobre os princípios fundamentais para uma alimentação equilibrada, bem como os riscos e doenças associados a erros alimentares.

A Dr.ª Carla Laranjeira, diretora do Grupo Nacional de Estudo e Investigação em Obesidade Pediátrica (GNEIOP) e colaboradora no ensino pós-graduado na área da Nutrição Pediátrica da Universidade Católica do Porto, foi a oradora principal nesta sessão, onde abordou conceitos importantes para a criação de bons hábitos alimentares, tendo transmitido diversas orientações de ordem prática para facilitar o planeamento e a elaboração das refeições por parte dos pais, de modo a conciliar qualidade, moderação de custos e gestão de tempo.

Fazendo uma resenha da sua intervenção, destacamos alguns dos temas abordados: analisou a roda dos alimentos, referindo quais os grupos de alimentos, as quantidades/porções a ingerir e o respetivo valor calórico; apresentou sugestões de confeção de lanches e outras refeições saudáveis e económicas para toda a família; sublinhou a importância dos bons hábitos alimentares e da atividade física para a saúde e despenho escolar das crianças; clarificou alguns conceitos pré-concebidos em relação a mitos alimentares; destacou a importância da sopa numa alimentação saudável; valorizou o "educar pelo exemplo", referindo que o adulto deve ser exemplo para as crianças, através da prática de uma alimentação variada e saudável.

A sessão terminou com um momento de debate, no qual os participantes colocaram questões às oradoras, demonstrando assim a importância dos temas abordados.

A Equipa 6.3 agradece a presença dos pais e encarregados de educação na sessão e a disponibilidade das Drªs. Carla Laranjeira e Cristina Ferreira.

Participa com os teus colegas no Orçamento Participativo das Escolas 

Pelo segundo ano consecutivo, os estudantes do 3.º ciclo do ensino básico e do ensino secundário vão poder decidir o que querem melhorar na sua escola. Para isso, precisam de ter uma ideia, reunir apoio e, claro, conseguirem os votos dos colegas! Trata-se de um processo democrático que acontece em cada escola.
A melhor proposta será votada no final de março.

PROJETO “HISTÓRIAS QUE SE FAZEM”

No mês de janeiro o projeto estendeu-se por vários dias:

- Começou com o conto “Os vizinhos da casa Azul” de Vera do Vale e Francisca Oliveira. Este livro conta-nos a história de dois vizinhos, tristes com a chegada do outono, que se desentendem porque deixam de dialogar e preferem chatear… como resolveram o seu arrufo? Com a harmonia de uma orquestra!

- Seguiu-se a visualização de um Power Point com vários instrumentos e respetivos sons.

- Exploração de instrumentos trazidos para a sala.

- Desenho de instrumentos conhecidos.

- Trabalho orientado pela prof. de Música, a prof. Elisa: ensaio de uma canção (primeiro acompanhada por instrumentos sem ritmo e depois com harmonia.

Com esta história, os alunos ficaram a conhecer diferentes instrumentos e que é necessário saber tocá-los… também perceberam a importância do diálogo e da amizade para conseguir atingir um objetivo!

"Motos de Portugal"

Exposição de trabalhos

Encontra-se no átrio de entrada da nossa escola, uma exposição dos trabalhos dos alunos da Equipa 6.3 (turmas 6ºG, 6ºH, 6ºI e 6ºJ), realizados na disciplina de Educação Visual (Prof.ª Emília Guedes), e que surgem no corolário da visita de estudo efetuada pela Equipa 6.3 à exposição "Motos de Portugal", que esteve patente na galeria municipal de Matosinhos.

O registo de imagens dos trabalhos expostos pode ser visto em:

"Um dia com... ANA SALDANHA"

O Grupo Disciplinar de Português do Agrupamento de Escolas de Matosinhos - Escola Básica de Matosinhos informa que, no dia 27 de fevereiro de 2018, alguns alunos dos 2.º e 3.º ciclos irão participar na atividade "Um dia com...", onde terão um encontro com a escritora Ana Saldanha.

Este encontro tem como principais objetivos: situar obras literárias em função de grandes marcos históricos e culturais; ler e escrever para fruição estética; apreciar textos literários e contactar com uma autora, no sentido de compreender a complexidade da produção escrita.

A escritora fará duas sessões, no Auditório do Agrupamento de Escolas de Matosinhos, que terão lugar às 09h10 e às 10h20, para o 2.º ciclo e 3.º ciclo, respetivamente.

No final das sessões, haverá uma sessão de autógrafos.

Os livros da autora estarão disponíveis para aquisição na Biblioteca do Agrupamento de Escolas, a partir do dia 15 de fevereiro, com um desconto de 20%.

O Representante do Grupo de Português

Ilídio Arribada Cadime

"Teatro na Escola"

O Grupo Disciplinar de Português do Agrupamento de Escolas de Matosinhos - Escola Básica de Matosinhos vai realizar, no dia 19 de fevereiro de 2018, a atividade "Teatro na Escola", em colaboração com a Companhia Profissional de Teatro EDUCA.

Durante o período da manhã, os alunos do 2.º Ciclo assistirão à representação de uma adaptação de "O Príncipe Nabo", de Ilse Losa e "Ulisses - O regresso a Ítaca", de Maria Alberta Menéres. O período da tarde será destinado aos alunos do oitavo e nono ano de escolaridade, a quem será apresentado o "Auto da Barca do Inferno", de Gil Vicente.

Entre outros objetivos, pretende-se, com esta atividade, levar os alunos a tomarem consciência do modo como os temas, as experiências e os valores são representados nos textos literários e desenvolver neles o sentido de apreciação estética das obras literárias.

As representações teatrais decorrerão no Auditório do Agrupamento de Escolas de Matosinhos, nos seguintes horários:

- "O Príncipe Nabo", de Ilse Losa (5.º Ano): a partir das 09h10;

- "Ulisses - O regresso a Ítaca", de Maria Alberta Menéres (6.º Ano): a partir das 11h25;

- "Auto da Barca do Inferno", de Gil Vicente: a partir das 15h25.

O Representante do Grupo de Português

Ilídio Arribada Cadime

Cumprindo a tradição, o Agrupamento de Escolas de Matosinhos com os alunos de Pré escolar e 1.º Ciclo, foi cantar as janeiras à Câmara Municipal, Junta de Freguesia e EB de Matosinhos.

Bom Ano de 2018

Semana da Ciência & Tecnologia2017/18 - EB de Matosinhos

Na 5ªfeira, dia 18 de janeiro, na Escola Básica de Matosinhos, organizado pelo Departamento de Matemática e Ciências Experimentais, comemorou-se a Semana da Ciência&Tecnologia com a realização de oficinas relativas às 4 áreas disciplinares deste departamento: Matemática, Ciências Naturais, Físico-Química e Informática.
Durante a manhã os alunos dirigiram-se ao polivalente onde participaram em jogos de matemática, passatempos, atividades experimentais e laboratoriais.
Um dos objetivos foi chamar a atenção para o mundo que nos rodeia, com a realização de algumas experiências e jogos simples, sempre de uma forma lúdica e divertida, aumentando a curiosidade e o gosto pelo saber nas diversas áreas das ciências.

Exposição do 9ºano - Prevenção Rodoviária 

Com os desdobráveis elaborados pelos alunos do 9º ano, no âmbito da disciplina de Físico-Química, a exposição, patente na biblioteca da escola, pretende sensibilizar a comunidade para a Prevenção Rodoviária.Quando um condutor se faz à estrada, tem de ultrapassar um verdadeiro "labirinto" de obstáculos imprevistos para "conduzir" a sua vida, e a dos outros, em segurança.Reduzir as velocidades, acabar com a condução sob o efeito do telemóvel ou do álcool, respeitar as distâncias de reação e de travagem para se travar em segurança... tudo isto permitirá evitar colisões com esses obstáculos. Em Física, falámos em Prevenção Rodoviária; campanha para travar o aumento do número de acidentes nas estradas. Ainda assim, frequentemente aplica-se uma das frases famosas de Einstein: "A teoria e a prática são a mesma coisa, na teoria. Na prática, não são."O número de mortos nas estradas portuguesas aumentou este ano (2017) cerca de 17%, tendo os acidentes rodoviários provocado 378 vítimas mortais, indicou recentemente a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR). O pior distrito é o Porto, seguido de Setúbal e Lisboa.

Na estrada, conduza a sua vida em Segurança !

Projeto "Histórias que se fazem"

Um Natal Espacial de Susana Azevedo 

O Projeto da turma 1CBI vai cada vez mais longe... desta vez foi até ao espaço e lá os meninos puderam ver as estrelas e os planetas com os presentes que os animais da selva mais desejavam!

Com este conto, os alunos da Professora Cidália perceberam como a magia do Natal se mistura com o sonho e estes com as tradições de cada família de tal forma que a dúvida de sempre se manteve:

O Pai Natal existe mesmo?

A esta pergunta juntaram-se outras relacionadas com a história: Foi o Pai Natal quem trouxe as prendas para os animais da selva? O Gorila Zé Reguila e o Chimpanzé Barnabé foram mesmo ao espaço num trenó-foguetão? Será que viram os pedidos nas estrelas? Será que cada planeta tinha os presentes que cada animal mais desejava?...

Sonho ou magia, o que importa é viver o Natal com alegria e em espírito de união. Cada família tem a sua forma de viver e acreditar...

E como se tratava de uma história inserida no Projeto "Histórias que se fazem" seguiram-se uns trabalhinhos muito interessantes! Cada menino decorou um marcador de livro, a seu gosto. Foi entregue um desenho com uma árvore de Natal e uma caixa para cada aluno decorar o pinheiro de forma criativa e colar na caixa um recorte do presente que mais deseja neste Natal. Foi entregue um desenho com uma mesa para que cada criança, juntamente com os seus pais, possa registar com desenhos ou recortes de folhetos de supermercado, quais as suas tradições de Natal à mesa. E por fim... um lanchinho de Natal com uns quadradinhos de bolo de chocolate e de cenoura devidamente cobertos por gomas e pintarolas que a Vera trouxe para partilhar com os seus amiguinhos de projeto!

Um Natal Espacial para todos!

Projeto "Histórias que se fazem"

A que sabe a Lua? de Michael Grejniec

Esta pergunta faziam todos os animais da selva sempre que olhavam para a Lua tão bela e redonda... até que um certo dia, todos se uniram e, juntos, conseguiram alcançá-la!

E qual era então o seu sabor? A Lua sabia exatamente àquilo que cada um mais gostava...

Também os meninos da turma 1CBI ao ouvir esta história pensaram a que saberia a Lua se pudessem prová-la... pizza, batatas fritas, queijo derretido, chocolate, hambúrguer, gomas, fruta, massa com atum...

Para a Vera, que contou a história, a Lua sabia a bolachinhas caseiras, e como a história fala de união e amizade, nada melhor que partilhar com os novos amigos as suas deliciosas bolachas!

Uma vez que esta história faz parte do Plano Nacional de Leitura, e foi escolhida pelo 1º ano para ser trabalhada durante o 1º período foi escolhido um local diferente para a contar: a biblioteca. Este é o espaço por excelência para o conto de uma história e foi criado o ambiente necessário, com pozinhos de perlimpimpim, para que a magia da Biblioteca e o prazer de ler e/ou ouvir uma história conquiste estes alunos.

Ao longo da semana foram sendo feitas várias atividades preparadas pelas Professoras Cidália e Vera e que a seguir se descrevem:

  • Ilustração individual de uma cartolina a reproduzir a capa do livro com a indicação do sabor da lua para cada menino/a e que se encontra em exposição na sala de aula
  • Fichas de trabalho de ordenação, contagem de sílabas...
  • Registo de ingredientes...
  • Elaboração de um livro de receitas partindo da reprodução da capa já feita
  • Confeção de bolachinhas
  • Registo da receita

Esta foi uma atividade do Projeto "Histórias que se fazem"... e fez-se mesmo inúmeros trabalhos! Aqui fica o registo:

S. Martinho no EPP

Mais uma vez, os professores e os formandos da Escola do EPP comemoraram o São Martinho, com jogos tradicionais e magusto. As opiniões dos alunos da oficina de escrita (5º ano) mostram que esta atividade é uma aposta que vale sempre a pena. 

"Eu adorei, porque me fez voltar a sentir criança por um dia. Ficou no meu coração."(José Manuel)

"Deu para passar uma manhã de camaradagem divertida e interativa."(Fábio)

"Achei muito divertido e reparei que os meus colegas também se divertiram muito."(Hugo)

"O dia do magusto deu para desanuviar do stress e foi melhor aproveitar a manhã de sol no campo que ficar na cela."(Francisco)

Magusto 2017 - EB Florbela Espanca

Magusto

Dança

Visita de Estudo

«No poupar está o ganho» é o mote de um dos projetos no qual a nossa turma, 3.ºBGOD, está envolvida, este ano letivo. Trata-se de um projeto que visa a aquisição de conhecimentos na área financeira, com a finalidade de nos consciencializarmos da importância do dinheiro e no desenvolvemento de competências que nos permitam a tomada de decisões corretas e informadas no futuro, contribuindo para que sejamos consumidores mais responsáveis e esclarecidos. A visita ao Museu do Papel Moeda proporcionou uma experiência de aprendizagem ímpar através de uma dinâmica funcional de grande grupo capaz de envolver ativamente os alunos recorrendo à constante interação com a moderadora e o espólio exibido promovendo a mudança de atitudes e a adoção de um comportamento financeiro mais consciente.

Margarida Duarte (professora titular) 

Alunos da EB23 Matosinhos conquistam prémios nacionais de Artes Marciais.

Mais informações, clique aqui ou Portal do Desporto

BANCO ALIMENTAR 

O AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MATOSINHOS CONVIDA TODA A COMUNIDADE ESCOLAR A PARTICIPAR NESTA AÇÃO DE SOLIDARIEDADE QUE VAI DECORRER NOS DIAS 1, 2 E 3 DE DEZEMBRO NO SUPERMERCADO PINGO DOCE DE MATOSINHOS SUL (Brito e Cunha).

"Agradecemos, desde já, a quem queira participar nesta iniciativa.

Onda Rosa na Escola Básica do Godinho

No dia 30 de outubro de 2017, os alunos, os auxiliares de ação educativa e os professores da Escola Básica do Godinho desenvolveram a atividade "Onda Rosa", proposta pela Liga Portuguesa Contra o Cancro - Departamento para a Saúde Núcleo Norte.

Neste dia, os alunos reuniram-se no recreio da escola e com balões, nas mãos, bem levantados construíram um laço gigante cor-de-rosa.

Com esta atividade os participantes alertaram a comunidade educativa para a importância do diagnóstico precoce do cancro da mama.

As crianças levaram para casa um panfleto informativo, para distribuir às três mulheres mais importantes da sua vida.

O Cuquedo - uma história assustadora (mas não muito!) para celebrar o Halloween


Turma 1CBI - Prof. Cidália Covas 

Cheio de diálogos que se repetem e que convidam as crianças a contar a história como se já a conhecessem, "O Cuquedo" (da autora Clara Cunha) é a história de um bicho muito assustador que prega sustos a quem estiver parado no mesmo lugar...

Foi a partir desta história que se falou dos medos, medo de sonhos, medo de pesadelos, medo de alguns animais e medo de personagens que não existem e que só povoam o imaginário... não se deve ter medo do que não se conhece ... deve-se conhecer, dar oportunidade a quem chega, aceitar, ajudar a integrar...

Expressos os medos cada criança fez um Cuquedo macio, simpático, pequenino... enrolou-se lã preta num retângulo de madeira e depois de atar e cortar as pontas apareceu um pompom fofinho no qual se colou olhos, dentes e a indicação do nome da história com a respetiva data - é sempre bom recordar!

Também foi feito o registo da história numa folha dividida em diferentes retângulos para desenhar todos os animais que entram na história.

Assim se vivenciou o Halloween com mais uma história do Projeto "Histórias que se fazem"!

Vera Meireles

Concurso "Lanche saudável" - Equipa 6.2

No dia 16 de outubro, as turmas da Equipa 2 do 6ºano (D, E e F), da Escola Básica de Matosinhos, participaram no concurso "Lanche saudável", para assinalar o Dia Mundial da Alimentação.
Esta iniciativa teve como objetivo sensibilizar os alunos para uma alimentação saudável e equilibrada. Assim, todos os participantes das turmas, apresentaram-se à hora combinada, na cantina da escola, cada um com o seu lanche. As apresentações foram feitas em mesas previamente decoradas pelos professores.
O júri do concurso, composto pelo subdiretor da escola, as diretoras de turma e as professoras de ciências e matemática, selecionou os três vencedores com base nos critérios previamente definidos para um "lanche saudável".
As alunas Catarina Sousa, do 6ºF, Carlota Menezes, do 6ºE e Inês Lima, do 6ºD, foram premiadas com um diploma, um livro e um caderno.
Esta atividade promoveu, além da aprendizagem, um momento de convívio entre alunos e professores.
Os alunos da Equipa 2 do 6ºano

Equipa 6.3 
Fornos Solares em Ação

No âmbito da disciplina de Educação Tecnológica (ET), os alunos da Equipa 6.3 (turmas 6ºG, 6ºH, 6ºI e 6ºJ) puseram em ação, no soalheiro dia 26 de outubro, alguns dos fornos solares construídos nas aulas.

Conscientes de que o uso de energias renováveis e não poluentes pode ajudar a preservar a natureza, os alunos participaram nesta iniciativa com muito interesse, empenho e curiosidade, tendo no final degustado as iguarias preparadas.

Imagens desta iniciativa podem ser vistas em: https://vimeo.com/240280414

As turmas da Equipa 6.3 visitam a exposição
MOTOS DE PORTUGAL 

As 4 turmas da Equipa 6.3 (6ºG, 6ºH, 6ºI e 6ºJ) da nossa Escola visitam, escalonadas ao longo do 1º período, a Exposição MOTOS DE PORTUGAL, patente na Casa do Design de Matosinhos.

As turmas 6ºG e 6ºH já realizaram a visita e ... adoraram!

Esta exposição é organizada pela Câmara Municipal de Matosinhos e pela ESAD Ideia e a visita dos alunos insere-se no âmbito das atividades das disciplinas de Educação Tecnológica e História.

Imagens podem ser vistas em: https://vimeo.com/240276452

"Dia Mundial do Mar" 
A turma 6º H participou na Oficina 
"Preservar o Mar" realizada no CMIA

Tendo em vista assinalar a passagem do "Dia Mundial do Mar" e no âmbito da disciplina de Ciências Naturais, os alunos da turma 6º H da nossa escola deslocaram-se, no passado dia 28 de setembro, às instalações do CMIA (Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental de Matosinhos) para participarem na Oficina "Preservar o Mar".

Orientados por duas técnicas do CMIA de Matosinhos, os alunos foram sensibilizados para a importância da preservação da biodiversidade marinha e ficaram a conhecer as potencialidades e riquezas dos nossos mares. Puderam também assistir a uma palestra muito interessante sobre a preservação do mar e observar à lupa organismos marinhos que utilizam as macroalgas como local de refúgio e alimento.

Imagens desta iniciativa podem ser vistas em: https://vimeo.com/236168887

Dia da Alimentação 
Projeto de animação de leitura da turma 1CBI - 
Escola Básica de Matosinhos

A prof. Cidália Covas da turma 1C convidou-me para fazer um projeto de animação de leitura com a sua turma ao longo deste ano letivo.

Iniciei este projeto no Dia Mundial da Alimentação com um livro muito interessante chamado Ssschlep de Eugénio Roda e Gémeo Luís. Num emaranhado de ilustrações e trocadilhos com os nomes dos legumes, os autores falam da importância da sopa no tempo em que a mesma não era ralada nem ninguém se ralava com ela e em que os legumes nos diziam alguma coisa...

Motivados os alunos, foi tempo de explorar a história e arregaçar as mangas para descascar e partir os legumes que levei. De seguida fomos à cantina pedir às senhoras cozinheiras que fizessem a nossa sopa especial com legumes inteiros e voltamos à hora do almoço para nos deliciarmos com ela! A sopa tinha vários legumes, feijões e massa, como no tempo das nossas avós e garanto que todos os alunos comeram a sopa, apesar de uma pequena minoria afastar alguns feijões ou folhinhas de espinafres...

O menino da história gostava das sopinhas de gato (mimos e elogios) que a mãe lhe fazia quando comia tudo, por isso, também eu quis surpreender os meninos desta turma que tão bem se portaram quer durante a atividade, quer ao comer a sopa inteira e por isso, da parte da tarde, fui novamente à sala, mas agora para lhes dar um miminho: uma caixinha com umas bolachas caseiras e uns versinhos que falavam da importância da alimentação saudável.

Vera Meireles

Dia Mundial da Alimentação

O grupo de Ciências Naturais agradece a colaboração da Associação de Pais, Encarregados de Educação e alunos nas atividades que irão decorrer no Dia da alimentação. 

Exposição dos trabalhos e Palestra com Nutricionista para alunos do 6º e 9ºanos:

Atividades no Polivalente, durante o intervalo e marcadores na cantina: 

1ª Reunião com os Encarregados de Educação


Ação Social Escolar (ASE)

Atribuição de Manuais Escolares

Solicita-se a todos os Encarregados de Educação que se candidataram a atribuição de subsídio escolar para o ano letivo 2017 - 2018 (alunos dos 1.º, 2.º, 3.º ciclos e cursos vocacionais) que não adquiram manuais escolares, sem estar afixada indicação dos manuais que irão ser atribuídos aos alunos.

Matosinhos, 03 de julho de 2017

A Diretora

(M.ª Elisabete Ferreira)


INFORMAÇÃO

MANUAIS ESCOLARES

Informam-se todos os encarregados de educação de que devem aguardar indicação dos professores, sobre a compra dos manuais escolares das seguintes disciplinas:

  • Educação Moral e Religiosa Católicas;

Matosinhos, 03 de julho de 2017

A Diretora

(M.ª Elisabete Ferreira)

"Matemática fora de portas" - Equipa 5.3
A Rotunda da Boavista e a Casa da Música foram a sala de aula de... "Matemática fora de portas"

No dia 19 de maio, à tarde, os alunos da Equipa 5.3 tiveram uma aula de Matemática muito especial. Aproveitando o amável convite do Departamento de Matemática do Instituto Superior de Engenharia do Porto (ISEP), os alunos das turmas 5ºG, 5ºH, 5ºI e 5ºJ da nossa escola deslocaram-se à Rotunda da Boavista e à Casa da Música para participar na atividade "MATEMÁTICA FORA DE PORTAS - GEOMETRIA NO MEIO ENVOLVENTE".

Divididos em três grupos, os alunos das quatro turmas foram recebidos pelas professoras do ISEP responsáveis pela iniciativa que, de seguida, os guiaram pelos caminhos da Matemática, da Geometria e da Arte, numa viagem de aprendizagem e descoberta.

Foi, sem dúvida, uma aula de Matemática que cativou os alunos, quer pelo espaço não convencional onde ocorreu, quer pelas estratégias utilizadas com recurso ao edifício da Casa da Música e à sua envolvente, desmitificando um pouco a ideia de que a Matemática é algo de muito complexo e de difícil compreensão.

No final, os alunos efetuaram uma visita guiada ao interior da Casa da Música, edifício projetado pelo holandês Rem Koolhaas, onde lhes foi explicada a sua arquitetura e principais funcionalidades, para além da multifacetada programação artística que nela se desenvolve.

Esta atividade atingiu plenamente os objetivos definidos, pois resultou muito motivadora e interessante para os alunos em termos de vivências e aprendizagens.

Terminamos, expressando os nossos agradecimentos ao ISEP, na pessoa da Prof.ª Alexandra Gavina, pela colaboração prestada.

Registo de imagens : https://vimeo.com/219174464

Miguel Costa (5ºD) vence torneio internacional e sagra-se Campeão Mundial de cálculo mental

O aluno Miguel Costa, da turma 5º D da Escola Básica de Matosinhos, sagrou-se CAMPEÃO MUNDIAL de cálculo mental, no seu escalão, após vencer brilhantemente a FINAL do XI Campeonato Internacional Escolar SuperTmatik, realizada online neste mês de maio, e que envolveu cerca de 35 mil alunos de vários países.

O Miguel respondeu corretamente às 10 questões que constituíam a prova no tempo recorde de 49,87 segundos, enquanto o segundo classificado, um aluno britânico (Oxford), gastou mais 0,33 segundos a resolver mentalmente as expressões matemáticas apresentadas. Já o décimo classificado, de nacionalidade maltesa, demorou 59,5 segundos.

Saliente-se que os restantes alunos da nossa escola que participaram nesta final, depois de vencerem a fase de eliminatórias interturmas, também obtiveram resultados de muito valor que merecem ser enaltecidos.

Dada a qualidade dos resultados obtidos, a participação do Agrupamento neste concurso matemático não só cumpriu como superou os objetivos a que se propunha: fomentar o interesse pela prática do cálculo mental, desenvolver destrezas numéricas e de cálculo, reforçar a componente lúdica na aprendizagem da Matemática, detetar e promover talentos na área do cálculo mental.

Parabéns a todos os alunos participantes, na fase de apuramento e na fase da grande final online, parabéns aos vencedores e aos professores que os motivaram e promoveram a participação do Agrupamento.  

Uma outra forma de aprender História...

No passado dia 24 de maio, a Companhia Profissional de Teatro "TEATRO EDUCA", veio à escola apresentar a peça "25 de Abril - História de uma Revolução".

Os alunos do 6.º e 9.º ano de escolaridade, puderam contactar com uma outra maneira de aprender a História de Portugal, desde os primeiros tempos da ditadura salazarista, passando pela guerra colonial e terminando com a Revolução do 25 de Abril de 1974.

Novo Programa Nacional de Vacinação
Campanha de divulgação 

Olimpíadas da Leitura

Na quarta-feira, dia 3 de maio, realizou-se, pelo 7º ano consecutivo a final das Olimpíadas da Leitura, em que participaram 70 alunos do 2º ciclo da Escola Básica de Matosinhos. Para tal, foi necessário ultrapassar três etapas. A primeira e a segunda disputaram-se entre todos os alunos de cada turma, realizando uma ficha de leitura, por período, sobre uma obra lida e analisada na aula. A final foi disputada pelos três alunos, de cada turma com melhor classificação. A prova da fase final consistia em: Interpretação, Gramática e Leitura. Esta atividade constituiu um momento importante de aprendizagem, concentração e convívio, que culminou com a satisfação estampada no rosto de todos os participantes ao verem os simpáticos prémios que todos ganharam, uns gentilmente oferecidos pelas editoras e outros ainda pelo Grupo de Português que, uniu esforços e angariou alguns "fundos"... A todos um grande obrigado pela sua generosa colaboração, muito em especial à D. Locas.

Grupo de Português

SUPERTMATIK 2017 - CÁLCULO MENTAL

Alunos do 2º ciclo participam na Grande Final Online

Decorreu esta quarta-feira, dia 10 de maio, na sala de informática da nossa escola, a Grande Final Online do Supertmatik - Cálculo Mental 2017. Participaram nesta prova os campeões e vice-campeões dos disputadíssimos torneios inter-turmas do 2º ciclo, realizados em março, que agora tiveram oportunidade de medir forças com os seus colegas finalistas de todo o país.

A sessão decorreu num ambiente de grande emoção e adrenalina, próprio dos grandes momentos. Apesar do natural nervosismo que a presença numa final sempre provoca, os nossos alunos revelaram uma excelente atitude, tendo dado o seu melhor na tentativa de obterem boas classificações. Estão, portanto, todos de parabéns!

Ficamos agora a aguardar pelos resultados, que serão divulgados no site da organização do evento (www.eudactica.com) até ao final do mês de maio.

Festa da Primavera

Realizou-se, no passado dia 29 de março, na nossa escola, a Festa da primavera.

Esta atividade teve como finalidade mobilizar a participação de toda a comunidade escolar, sensibilizar as crianças para a importância da natureza, fomentar a criatividade e o lazer.

No desfile/concurso participaram alunos de todos os ciclos, docentes e não docentes tendo sido premiados em cada ciclo, os três primeiros. Estes tiveram ainda direito à volta dos vencedores realizada num descapotável vermelho que fez as delícias de grandes e pequenos.

No polivalente esteve patente um lanche convívio.

Mérito de quem aposta na importância da valorização da educação, do entrosamento da escola com a família e pretende aliar o entretenimento à criatividade e o convívio intergeracional, estimulando a criatividade, capacidade de improvisação, valorização da autoestima dos alunos e o espírito de competição sadio.